SANTORINI – TRAVEL GUIDE

SANTORINI – TRAVEL GUIDE

SANTORINI – TRAVEL GUIDE

Não sei bem por onde começar. Talvez por dizer que adorei Santorini e que espero voltar muito em breve. Superou as minhas expectativas, o que é difícil para um dos lugares mais fotografados do mundo, ou pelo menos do instagram. Nada nos prepara para a beleza desta ilha, é mesmo dos locais mais bonitos onde já estive.

Estava com algumas dúvidas, especialmente depois de Atenas, mas tudo correu pelo melhor e não poderia ter tido melhores férias. Vou tentar resumir a viagem toda nesta publicação e responder às perguntas que vocês mais me fizeram pelo instagram 🙂

COMO CHEGAR?

Nenhuma tormenta. Porto-Barcelona , Barcelona-Atenas , Atenas-Santorini. As viagens de avião são rápidas, de Atenas a Santorini é uma hora, e são cómodas. Também existe ferry de Atenas para as ilhas mas depois de saber que demora 5 horas esqueci por completo essa ideia. Avião é sem dúvida a melhor opção.

 

METEREOLOGIA

Fomos no final Março e não podia estar mais feliz com a escolha. Estava quente, nas horas de maior calor à volta de 30 graus, e ao cair da noite estavam à volta de 20graus. Apanhámos um tempo bastante parecido com o nosso verão no Algarve, não daqueles quentes, mas sim um verão ameno.

 

O QUE VER / FAZER

Santorini é o que restou de uma enorme erupção vulcânica, o que faz com que exista uma enorme lagoa central, para onde está virada a pequena vila de Oia, a zona de casinhas pastel dentro dos penhascos. É uma ilha romântica. Não estejam à espera de festa porque não se passa absolutamente nada. Não esperem praias paradisíacas porque não as vão ver, as praias são escuras e rochosas mas, como há sempre mais que um lado bom para cada lado mau, vão ter uma vivência e atmosfera única, de um lugar absolutamente mágico, com umas cores e luz que dificilmente vão encontrar em outro sítio. Existem passeios de barco, e outras tantas actividades aquáticas que vos vão dar uma perspectiva bem diferente da ilha, os penhascos elevam-se a cerca de 300 metros da linha de água!

O que mais gostei de fazer? Aproveitar a cobertura da nossa “caverna” e ver um dos por do sol mais bonitos de sempre, que se repetia todos os dias, quase sempre à mesma hora.

 

ALUGAR UMA MOTA

Um dos conselhos que dou, é tirarem um dia (não precisam de mais) para conhecer a ilha inteira. Alugar uma mota é muito barato (cerca de 20/30€ / dia) e permite conhecer a ilha da melhor forma, pelo menos da mais divertida 😉

 

ONDE FICAR

Claramente em Oia. Mas sem qualquer duvida. Nós ficámos na pequena vila histórica de Oia, é bastante mais caro ficar nas casinhas/cavernas dos postais, do que noutros alojamentos mais para o interior da ilha, mas como Santorini não tem muito para fazer, o melhor que podem fazer é alugar uma casa que vos permita viver a sério esta atmosfera única no mundo. Nós reservámos na Homeaway.pt , e foi esta a nossa casa.